O YouTube lança nesta terça-feira (25) os serviços YouTube Music e YouTube Premium no Brasil. As duas plataformas entram na disputa pelo mercado de streaming no país, serviço atualmente liderado pela Netflix. 

Criado nos Estados Unidos, em maio de 2015, a partir do antigo Music Key, o YouTube Premium se chamava YouTube Red. O Brasil será o 22º país do mundo a receber a novidade.

Somente em maio deste ano o serviço passou a ter o nome Premium, oferecendo streaming sem propagandas de todo o material hospedado no YouTube, além de downloads, reproduções offline e em segundo plano de seus vídeos e playlists cadastrados.

O pacote chega ao Brasil oferecendo também o serviço do YouTube Music, que poderá ser assinado juntamente com a versão Premium ou separadamente.

A plataforma Music disponibilizará cerca de 7.000 playlists, que terão seus materiais distribuídos livremente em formato digital.

Além dos formatos em áudio, os artistas poderão apresentar vídeos exclusivos, shows ao vivo, remixes e até mesmo uma rádio pessoal, que trará versões inéditas de canções e trabalhos paralelos de cada músico.

Outra novidade é que todos os usuários do Google Play Música também receberão automaticamente a assinatura do YouTube Premium.

O pacote também permitirá acesso à lista completa de filmes do YouTube Originals, que inclui as séries “Impulse”, “F2 Finding Football” e “Cobra Kai”, seriado baseado em “Karate Kid” que, na estreia, em maio deste ano, chegou a superar a demanda de séries populares como “13 Reasons Why”, da Netflix.

Na época de seu lançamento, a plataforma trazia apenas músicas sem propaganda, e os serviços de vídeo eram restritos. Depois que começou a se chamar Premium, ela também passou a oferecer o acesso livre a qualquer tipo de vídeo, além dos serviços YouTube Gaming e YouTube Kids —com conteúdo exclusivo para crianças— também disponibilizado no Brasil.

Segundo a Panorama Mobile Time, em pesquisa realizada em julho deste ano, um terço dos brasileiros usuários de smartphones assina algum tipo de serviço de streaming e dá preferência ao Deezer, Spotify ou Netflix.

O YouTube Premium, que tem a pretensão de quebrar esse oligopólio, custa R$ 20,90 por mês e pode ser adquirido para IOS ou Android.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here