O Facebook anunciou nesta terça-feira (12) que permitirá ao usuário avaliar as empresas que anunciam na rede social e poderá banir aquelas que receberem muitos feedbacks negativo.

A medida visa reprimir as empresas cujos anúncios oferecem aos usuários produtos ou serviços de baixa qualidade ou empresas que não entregam os produtos nos prazos declarados.

Os usuários do Facebook podem deixar comentários para os anúncios exibidos na guia “atividade de anúncios”, disse a empresa em uma publicação no blog.

Os anunciantes terão a chance de melhorar antes de serem bloqueadas, o que pode incluir uma redução na quantidade de anúncios que determinada empresa pode executar.

“Acreditamos que essa ferramenta dará às pessoas mais confiança nos negócios com os quais elas interagem e ajudará a responsabilizar as empresas pelas experiências que oferecem aos clientes”, afirmou o Facebook.

Essa é uma das muitas mudanças da maior rede de mídia social do mundo para melhorar a experiência e engajamento do usuário depois do escândalo em que milhões de dados de usuários foram acessados ​​indevidamente por uma consultoria política.

O Facebook se auto-intitula como um “um serviço mantido por publicidade” e exige que as pessoas aceitem anúncios direcionados como condição para usar sua plataforma.

INSTAGRAM

O Instagram também apresentou novidades nas suas ferramentas de compra nesta terça-feira. A rede de fotos agora disponibilizará o botão de compra para os vídeos e fotos publicados nos stories (que ficam 24 horas no ar). 

O botão para o stories estará disponível na atualização para Android e iOS e poderá ser usado por contas comerciais.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here