A pergunta não tem como ser respondida com certeza por enquanto, ou talvez nunca, mas a possibilidade existe, como você pode ver na imagem acima. E é surpreendente porque, apesar das descrições gloriosas do Antigo Testamento, o fato é que a cultura material do antigo Israel era bastante modesta, sem os monumentos que predominavam no Egito ou mesmo na Mesopotâmia.

O desenho poderia retratar Jeoás ou Joás, que viveu no começo do século 8 a.C. e regeu o reino do Norte, chamado confusamente de Israel, na época do chamado cisma monárquico israelita (quando as tribos de Israel se dividiram entre o reino de Judá, governado pelos descendentes de David a partir de Jerusalém, no sul, e o reino de Israel sediado em Samaria, nas montanhas mais ao norte).

A imagem vem de um dos sítios arqueológicos mais interessantes e enigmáticos do Crescente Fértil: Kuntillet Ajrud, no deserto do Sinai. No local havia uma espécie de santuário/parada de caravanas que, embora estivesse no extremo sul da Palestina, parece ter sido controlado pelo reino do Norte, a julgar pela nomenclatura das inscrições achadas lá. Textos de Kuntillet Ajrud falam do deus bíblico Yahweh e de uma possível consorte dele, Asherah (outra interpretação é que o nome “asherah” seria só uma referência a um poste de madeira usado nos cultos).

O desenho foi reconstruído pelos pesquisadores israelenses Pirhiya Bar e Ze’ev Meshel. Além de as datações baterem com a época de Jeoás no reino do Norte, a figura segura uma flor de lótus, um símbolo da realeza no antigo Oriente Próximo. O desenho foi feito na cobertura de gesso na entrada do edifício estudado pelos pesquisadores.

Este vídeo dos primórdios do nosso canal do YouTube tem mais informações sobre os mistérios de Kuntillet Ajrud (e uma palhinha musical!).

Este outro, bem mais recente, é de uma palestra que dei sobre as origens do monoteísmo israelita.

O site do jornal israelense Haaretz traz excelente reportagem sobre o sítio.

———————

Visite o novo canal do blog no YouTube!

Conheça meus livros de divulgação científica!

Conheça e curta a página do blog Darwin e Deus no Facebook

Quer saber quem sou? Confira meu currículo Lattes

Siga-me no Twitter ou no Facebook





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here