A Samsung revelou nesta quarta-feira (7) um modelo de celular dobrável em uma conferência para desenvolvedores em São Francisco, nos Estados Unidos, e pediu para que programadores comecem a escrever aplicativos para o produto, que ainda não tem data de lançamento.

A marca lançou uma nova tecnologia de tela dobrável para seus aparelhos, chamada de “infinity flex display”.

Os aparelhos dobráveis carregam a promessa de permitir aos consumidores fazerem tarefas mais complexas do que em tablets ou notebooks, mas em um dispositivo mais compacto.

“É um conceito empolgante e esperamos ver produtos dobráveis de vários fabricantes de dispositivos Android”, disse Dave Burke, vice-presidente de engenharia para Android, durante conferência promovida pelo Google nesta quarta-feira.

O primeiro smartphone dobrável, no entanto, não é da Samsung. Ele foi anunciado na segunda-feira (5) pela chinesa FlexPai.

“De fato, já estamos trabalhando de perto com a Samsung em um novo dispositivo que eles planejam lançar no início do próximo ano”, afirmou Burke.

Fechado, o dispositivo funciona como um smartphone de tela pequena. Já aberto, vira um tablet de 7,3 polegadas.

A exibição dos aparelhos para os desenvolvedores antes do lançamento também revela um nível maior de cautela no planejamento de produto por parte da companhia sul-coreana depois do custoso recall do modelo Galaxy Note 7, que teve casos de superaquecimento e fogo.

Além dos modelos, a Samung afirmou que investirá US$ 22 bilhões (R$ 82,6 bilhões) em inteligência artificial até 2020.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here