Mosquitos picam mais quando estão com sede, sugere um estudo da Universidade de Cincinnati, nos Estados Unidos.

Os biólogos analisaram a atividade de fêmeas de mosquitos restringidas de acessar água e notaram até 30% de aumento na atividade.

Segundo o artigo, publicado na revista Scientific Reports, os insetos utilizariam sangue humano para compensar a carência na dieta.

A pesquisa pode ajudar a entender a sazonalidade de doenças transmitidas por esses insetos, como malária, dengue e zika.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here