A crise de confiança pública atravessada pelo Facebook “vai destruir a empresa”, afirmou o antigo mentor do empresário Mark Zuckerberg, Roger McNamee, à rede de TV norte-americana CNN.


A fala de McNamee leva em conta a notícia de que informações de mais de 50 milhões usuários da rede social foram vazadas sem o consentimento deles pela empresa americana Cambridge Analytica para fazer propaganda política.



De acordo com McNamee, a empresa “sequer deu o primeiro passo de admitir que há um problema”. “Se eles não fizerem algo muito em breve, as pessoas vão perceber que não podem mais usar o Facebook”, afirma.


A posição de McNamee se junta a de um grupo de investidores, técnicos de tecnologia e executivos que questionam o poder que as plataformas de tecnologia exercem e seu impacto na sociedade.


O escândalo está prejudicando mais do que a reputação do Facebook. No mercado financeiro, a rede social perdeu R$ 165 bilhões (US$ 50 bilhões) em valor de mercado somente após o vazamento da informação.


Segundo a CNN, executivos do Facebook também estão frustrados com o fato de Zuckerberg e COO da empresa, Sheryl Sandberg, terem permanecido em silêncio desde que a última controvérsia foi exposta.



LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here