A LG disse que os cortes aconteceram no setor de produção de celular da unidade. O número de demitidos não foi informado pela empresa ou sindicato. O G1 apurou que pelo menos 50 trabalhadores foram demitidos. Não há informação se mais desligamentos serão feitos na unidade.

Os cortes foram a segunda medida da empresa para adequação ao mercado. Na quarta, a LG havia anunciado férias coletivas na produção – a área em que atuam não foi informada.

De acordo com a LG, a pausa é para adequar a produção com a demanda da empresa e vai acontecer por 15 dias começa a partir da próxima segunda-feira (18). O retorno está previsto para o dia 3 de julho.

A LG Eletronics tem cerca de 1,5 mil funcionários na fábrica de Taubaté. Na unidade, são produzidos celulares, monitores e itens da linha branca, além de um setor de callcenter.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here