A iniciativa, que faz parte de um acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi anunciada nesta quinta-feira (7), durante um evento realizado em São Paulo.

A novidade vale apenas para candidatos a cargos federais, como os de deputado, senador e presidente da República. Quando alguém buscar pelo nome desses políticos, o motor de busca do Google mostrará informações sobre ele, como dados familiares e suas principais propostas de campanha, além de seus canais de contato.

Os candidatos à presidência do Brasil poderão ainda publicar suas promessas de campanha e outras de suas plataformas diretamente no Google.

A eleição deste ano será a primeira em que se poderá usar verba de campanha para impulsionar publicidade em redes sociais, como o Facebook, ou para promover links em ferramentas de pesquisa, como a do Google.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here