O Dia Internacional da Mulher é mais novo tema a ser aproveitado por golpistas no WhatsApp, segundo a fabricante de antivírus russa Kaspersky Lab. Exatamente como em outros golpes que já circularam pelo aplicativo, são as próprias vítimas que são convidadas a repassar a mensagem fraudulenta para seus contatos — com a promessa de que, após compartilhar a “promoção”, o kit será enviado.

De acordo com a Kaspersky Lab, a página da promoção falsa possui diversas propagandas e é por meio disso que o golpe gera lucro aos criminosos. A empresa adverte, porém, que alguns usuários também são redirecionados para a instalação de aplicativos de “caráter malicioso” após seguir as instruções presentes na página falsa.

Os produtos do kit de maquiagem oferecido não existem.

“Criminosos brasileiros continuam usando o WhatsApp como vetor de ataques por causa de sua popularidade. O uso de um tema como o Dia Internacional das Mulheres demonstra que eles estão sempre adaptando os golpes para temas relevantes e que chamam a atenção das vítimas”, afirma o analista sênior de segurança da Kaspersky Lab, Fabio Assolini.

Página falsa diz que vítima deve repassar mensagens a amigos antes de receber o kit. (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab)

Além de chegar às vítimas por WhatsApp, o golpe é distribuído por meio de notificações no navegador web. Para isso, é preciso que a vítima já tenha autorizado o recebimento dessas notificações anteriormente — e essa autorização pode ter ocorrido com a participação em outro golpe que circulou no próprio WhatsApp.

Por exemplo: a empresa de segurança PSafe alertou, na fraude que prometia o 14º salário, que o site fraudulento solicitava a autorização para o envio de notificações.

Mensagem do golpe recebida por notificação no Chrome. (Foto: Reprodução/Kaspersky Lab)

Caso o golpe tenha chegado por uma notificação, é necessário acessar as configurações do navegador para desativá-las. No navegador Chrome no Android, é preciso acessar menu três pontos e “Configurações”. Depois, deve-se acessar o item “Configurações de site” e em seguida “Notificações”. Na dúvida, é recomendado eliminar todas as notificações que estejam como permitidas.

SAIBA MAIS
Golpe no WhatsApp atinge milhares com falso cupom de fast food
Golpe no WhatsApp sobre ’14º salário’ chega a milhares de internautas

‘CNH gratuita’ vira tema de golpe no WhatsApp, alerta empresa
Golpes no WhatsApp podem elevar conta do celular; veja lista e fuja deles

Dúvidas sobre segurança, hackers e vírus? Envie para g1seguranca@globomail.com



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here