O estado norte-americano de Washington abriu um processo contra o Facebook e o Google. As gigantes de tecnologia são acusadas de não seguirem as leis eleitorais.


Em abril, um cidadão de Washington comunicou as autoridades sobre a impossibilidade de obter dados dos contratantes e dos contratos de publicidade nas duas plataformas.







A legislação local exige que as empresas que vendem publicidades eleitorais disponibilizem informações de quanto cada candidato gastou na campanha.


“A população tem o direito de saber quem paga a propaganda política”, afirmou o procurador-geral de Washington, Bob Ferguson.


Segundo documentos apresentados às autoridades, a rede social de Mark Zuckerberg recebeu US$ 3,4 milhões em propagadas políticas nos últimos 10 anos. Nos mesmo período, o buscador recebeu US$ 1,5 milhão.


O Facebook e o Google têm 20 dias para se posicionarem oficialmente sobre o caso.


Veja também: Descubra quais aplicativos estão usando os seus dados no Facebook









DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here