Empresário aderiu ao #deletefacebook, movimento que cresceu após o escândalo de vazamento de dados da rede social para uma consultoria

Elon Musk apaga páginas da Tesla e SpaceX do Facebook



O empresário Elon Musk apagou as páginas oficiais de suas empresas Tesla e SpaceX do Facebook.


O movimento #deletefacebook cresceu depois que a empresa de dados Cambridge Analytica foi acusada de obter informações pessoais de cerca de 50 milhões de usuários da rede social.


Elon Musk zombou da marca de alto-falantes Sonos depois dela anunciar que suspenderia a publicidade no Facebook por uma semana.


Seus seguidores então o desafiaram a deletar as páginas de suas próprias empresas, o que ele fez em poucos minutos.


Musk disse que “não sabia” que sua marca SpaceX tinha uma página na rede social. “Literalmente, nunca tinha visto nenhuma vez”, escreveu ele no Twitter. “Vai embora em breve.”


Outro seguidor apontou que sua empresa Tesla também tinha um perfil na rede social.


“Parece falha”, ele respondeu. Ambos os perfis no Facebook desapareceram poucos minutos depois dos posts do empresário no Twitter.


As páginas tinham mais de 2,5 milhões de seguidores antes de serem excluídas.


Em 2016, o Facebook usou a SpaceX para lançar um novo satélite de comunicações, avaliado em mais de US$ 200 milhões (cerca de R$ 650 milhões).


No entanto, o foguete explodiu na plataforma de lançamento e destruiu o satélite.


Depois, um repórter tuitou que “@elonmusk explodiu o satélite de Mark Zuckerberg”. Musk respondeu: “Sim, minha culpa por ser um idiota. Demos a eles um lançamento gratuito para compensar e acho que eles tinham um seguro.”


Elon Musk disse que continuaria usando o Instagram, de propriedade do Facebook, por enquanto, mas lamentou que “a influência do FB esteja lentamente se arrastando”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here