Processo pede interdição de todos os aplicativos de mensagens da empresa por violação de patentes

BlackBerry processa Facebook e pode tirar WhatsApp do ar


A BlackBerry entrou com um processo de violação de patente contra Facebook e seus aplicativos WhatsApp e Instagram, argumentando que eles copiaram a tecnologia e as ferramentas do BlackBerry Messenger.


“Os réus criaram aplicativos de mensagem que incorporam as inovações da BlackBerry, usando um número de ferramentas de segurança inovadora, interface de usuário e melhora de funcionalidade”, informou a companhia canadense em processo protocolado na corte federal de Los Angeles.


“Nós temos uma forte alegação de que o Facebook infringiu nossa propriedade intelectual, e após vários anos de diálogo, também temos obrigação com nossos acionistas de buscar medidas legais apropriadas”, disse a porta-voz da BlackBerry, SarahMcKinney.


Segundo informações da Variety, a direção da empresa busca uma interdição formal do uso das tecnologias de mensagens da empresa, o que poderia tirar do ar o WhatsApp, Messenger e o sistema de mensagens do Instagram.


O processo sobre violação de patente faz parte da estratégia do presidente-executivo da BlackBerry, John Chen, de levantar recursos para a companhia, que perdeu participação no mercado de smartphones que antes dominava.


A BlackBerry desde então mudou o foco para softwares de segurança e também investiu em sistemas operacionais para carros autônomos.


No ano passado, a BlackBerry entrou com ação contra Nokia, Avaya e, mais notavelmente, a Qualcomm, por meio da qual recebeu mais de R$ 3 bilhões (US$ 940 milhões).


“O processo judicial da Blackberry infelizmente reflete o estado atual de seus negócios com mensagens. Depois de abandonar os esforços para inovação, a Blackberry agora busca taxar a inovação de outros. Pretendemos lutar”, disse o vice-conselheiro geral do Facebook, Paul Grewal.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here