O Tâmisa é o rio que passa por Londres, mas a baleia foi vista mais próximo à costa, na região de Kent. Ela foi avistada pelo ecologista e ornitologista Dave Andrews, que disse que ela estava se alimentando perto de barcas em Gravesend, no Kent.


A Sociedade para Conservação de Baleias e Golfinhos disse que ela estava “obviamente muito perdida e possivelmente em perigo”.


Em 2006, uma baleia-bicuda-de-cabeça-plana-do-norte morreu depois de encalhar no Tâmisa.


Leia também: Pesquisa mostra que as baleias narval e branca têm menopausa


O público foi aconselhado e não chegar muito perto da baleia beluga pela entidade de resgate de animais marinhos British Divers Marine Life Rescue.


A presença de baleias beluga no Reino Unido é “extremamente rara”, segundo a porta-voz da entidade Julia Cable.


Baleias beluga foram vistas no Reino Unido pela última vez próximo à Irlanda do Norte.


Cable afirma que a baleia vista no Tâmisa estava “nadando com vigor” e deve nadar de volta para o mar, se tudo der certo.


Danny Groves, da Sociedade para Conservação de Baleias e Golfinhos, disse que o animal é de uma espécie do Ártico, e estava “milhares de quilômetros da onde deveria estar”.


“Pedimos para que a baleia não seja perturbada”, disse Groves.


A Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals (Sociedade Real para Prevenção de Crueldade Contra Animais) disse que está ciente dos relatos de uma baleia no rio.


Leia também: O enigma dos tubarões que apareceram sem seus fígados, extraídos com ‘precisão quase cirúrgica’


“Estamos trabalhando com outras agências para monitorar a situação e estamos preparados para prover a assistência apropriada se necessário” afirmou a entidade.


Richard Sabin, principal curador para mamíferos do Museu de História Natural, foi um dos que identificaram a baleia como uma beluga a partir de fotos e vídeos.


“O corpo de cor branca, a falta de barbatana dorsal proeminente, a testa bulbosa e o tipo de movimento de natação sugerem fortemente (que seja uma beluga)”, disse ele.


Que tipo de baleia é essa?

Belugas, também conhecidas como baleias brancas, são uma das espécies mais conhecidas e reconhecíveis, de acordo com a revista National Geographic.


Ela têm entre 3.9 e 6 metros de comprimento e uma característica bem distintiva: a testa redonda.


Belugas normalmente são encontradas nas águas do Ártico, mas também nadam em rios bem largos e profundos, já que conseguem viver bem tanto em água doce quanto água salgada.


São comuns no Alasca, na Rússia, no Canadá e na Groelândia.


Leia também: Como é a ‘serpente gigante’ que cientistas querem usar para limpar os oceanos


Elas foram apelidadas de “canários do mar” pelos antigos baleeiros devido aos sons agudos e peculiares que produzem.


O canto da beluga é cheio de estalidos, guinchos, gemidos, grunhidos, pios e assobios – e também lembra barulhos como o de uma rolha sendo arrancada de uma garrafa ou o rangido de uma porta.


Leia também: Conheça 7 animais que estão ameaçados de extinção no Brasil





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here