A Apple apresenta nessa quarta-feira (12) seus lançamentos do ano. O evento acontece em Cupertino, na Califórnia (EUA).

A marca lança seu maior iPhone, com 6.5 polegadas, e se chamará iPhone Xs Max.  Também haverá a versão do iPhone Xs com 5,8 polegadas, do mesmo tamanho da versão anterior. As duas versões têm a tela “super retina”. 

Os novos iPhones poderão ter até 512 gigas de memória.

Os telefones são à prova d’água até dois metros, por 30 minutos. “Testamos em vários líquidos, água, água salgada, vinho, cerveja”, afirmou Kaiann Drance, diretor sênior da Apple, .​

Os telefones continuam com o desbloqueio por reconhecimento facial, que, segundo a Apple é a autenticação facial mais segura entre os smartphones. 

“O iPhone Xs Max tem a melhor bateria que já fizemos. Ela dura uma hora a mais do que a do iPhone X”, afirmou Drance.

Os novos modelos poderão ter dois números de telefone funcionando ao mesmo tempo. Nos EUA, haverá um e-SIM e, na China, a Apple testará um modelo com dois chips.

O terceiro modelo lançado é o iPhone Xr. Feito em vidro, bordas de alumínio e traseira de plástico, ele vem em modelos coloridos (branco, preto, azul, amarelo, vermelho). É resistentes a água (chuva) e poeira. 

A tela de LCD ocupa grande parte da frente do celular. Terá 6.1′ polegadas, de retina líquida. Tem uma tela maior que o iPhone 8 Plus, porém em um telefone menor.

O desbloqueio também é feito por identificação facial. 

O iPhone Xr vem com o modo retrato para as fotos e controle de profundidade. A câmera frontal tem a mesma qualidade dos modelos Xs e Xs Max. 


A bateria dele também dura uma hora e meia a mais do que a bateria do iPhone 8 Plus. 

 

PREÇOS

O iPhone Xr vair custar a partir de US$ 749, nos tamanhos 64 gb, 128 gb e 256 gb)  e  estará disponível nos EUA a partir de 26 de outubro.

O iPhone Xs começa custando US$ 999. O iPhone Xs Max, a partir US$ 1099. Ambos nos tamanhos nos 64gb, 256gb e 512 gb. Eles estarão disponíveis nas lojas dos EUA a partir do dia 21 de setembro. A data de chegada dos modelos no Brasil não foi anunciada.

O evento começou mostrando o novo Apple Watch, que está com a tela 30% maior, mais fino, e se chamará S4. 

O botão lateral foi refeito, e agora é possível girá-lo para rolar a tela. Segundo a Apple, o gadget está oito vezes mais rápido.

Um dos maiores destaques foi o aplicativo Heart, que consegue monitorar os batimentos cardíacos e oferece um eletrocardiograma. 

O relógio monitora os batimentos cardíacos, se estiver muito lento, haverá notificações. Assim como no caso de arritmias. A Associação Americana de Cardiologia dos Estados Unidos e a FDA (agência regulatória de saúde dos EUA) reconheceram o app.

Com o reconhecimento de movimentos mais apurado, o relógio consegue perceber quando o usuário cai. No caso de a pessoa cair, o aplicativo irá esperar cinco segundos por um movimento, se não houver, ele  ligará para a emergência.

O Apple Watch S4 custará a partir de US$ 499 e estará disponível nos Estados Unidos a partir do dia 21 de setembro. A versão anterior (S3) passa a custar US$ 299, a partir desta quarta-feira (12), nos EUA.

 

 



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here