J faz mais de 1 bilho de anos que encontrar uma cara-metade a coisa mais importante do mundo –srio: essa data aparentemente estapafrdia corresponde aos mais antigos indcios fsseis de que certos micro-organismos estavam fazendo sexo.

Bichos que no acham algum com quem trocar seus genes diante de uma lareira no inverno so os grandes perdedores do jogo da evoluo. A gente s existe para amar: brega, mas a mais pura verdade biolgica.

Caso ainda no tenha reparado, a vida dura, e conflitos de interesse predominam at na hora do amor. O mais bvio tem a ver com as diferenas entre machos e fmeas. Por uma dessas injustias ditadas pela histria evolutiva dos animais, em geral recai sobre as moas o fardo de investir bem mais na relao (embora haja muitas excees).

A questo que vulos costumam ser caros, em especial entre mamferos como ns: produzidos em pouca quantidade, so grandalhes e exigem uma baita energia para ficarem prontinhos para a fecundao. J espermatozoides valem menos que moedinha de dez centavos, e uma nica ejaculao lana fora centenas de milhes deles.

Esse fato simples explica por que paves machos possuem aquele rabo ricamente decorado, por que cervos-do-pantanal do sexo masculino ostentam tamanha galhada, por que elefantes-marinhos so brutamontes de tromba com o dobro do tamanho de suas fmeas (que mais parecem pequenas focas se vistas ao lado deles).

Se vulos so caros e espermatozoides, baratos, as fmeas podem se dar ao luxo de escolher –enquanto os machos precisam ostentar ou sair no brao com outros para ter acesso s garotas. Essa tambm a raiz darwinista da poligamia: machos conseguem fecundar uma quantidade impressionantemente alta de fmeas, enquanto elas, em geral, ficam grvidas de um s sujeito por vez (ainda que, de novo, haja excees).

Falei das excees mais de uma vez porque cada caso um caso, e h muitos caminhos para o sucesso reprodutivo. Inclusive o de no se reproduzir diretamente: abelhas operrias, por exemplo, deixam essa dor de cabea com a rainha da colmeia –que produz irms para elas com tanta eficincia que a propagao dos genes fica assegurada.

Certos peixes passam metade da vida como fmeas e a outra metade como machos (o fato de no precisarem de pnis para fertilizar vulos favorece essa fluidez de gnero). Outros se fingem de fmeas para no incorrerem na ira dos machos dominantes e, na hora em que todo mundo est ocupado lanando espermatozoides e vulos na gua, agem rapidamente para se tornar papais.

E a biografia de dipo parece coisa da Peppa Pig se comparada vida sexual do caro Acarophenax: na barriga da me, eclode um filhote macho e vrias fmeas; o macho fertiliza todas as irms e depois morre; as meninas, enfim, devoram a me por dentro para eclodir.

E sim, a homossexualidade comum em tudo quanto espcie de vertebrado. Absurdo biolgico? No, porque isso pode aumentar a coeso entre os membros do mesmo sexo no grupo. Como isso facilita a sobrevivncia e a reproduo dos parentes deles, os genes dos bichos gays continuam sendo transmitidos pelos sculos dos sculos e todo mundo fica feliz.

Fmeas de bonobos, os primos mais “sou da paz” dos chimpanzs (e do ser humano), por exemplo, mantm sempre seus clitris ocupados umas com as outras. Se duvida, digite “hoka-hoka” no Google e tire as crianas da sala.

*

Conhea casais de bichos paulistanos



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here